Na semana retrasada o programa da GoBlue que é apresentado pela ClicTV me chamou para dar uma entrevista e discutir educação financeira. Conversamos sobre a filosofia de Robert Kiyosaki, seus livros e respondi algumas perguntas sobre o tema.

Abaixo está a entrevista para quem ainda não a viu. Espero que gostem!


 

Ao longo dos anos percebi que, independente de quanto eu ganhava, muitas vezes eu sentia que ganhava pouco. Talvez você, meu caro leitor, possa também já ter passado por isso. Mesmo nos meses de maior rendimento, com bônus, trabalhos extras, palestras e renda suplementar, algumas vezes parecia que eu poderia estar ganhando mais e que o dinheiro que ganhava não era suficiente. E assim, chegava no final do mês e todo o dinheiro já estava destinado a ser usado.

A sensação de estar ganhando menos do que deveria é presença constante nas discussões entre amigos, familiares e colegas de trabalho. Entretanto, ela pode ser minimizada ao conscientizar-se de que o dinheiro que você ganha pode ser suficiente para suas necessidades e com algum planejamento é possível satisfazer muitos desejos.

O controle financeiro familiar e o orçamento doméstico são ferramentas para o seu bolso e para a sua saúde psicológica. Ao saber o quanto você ganha e o quanto você está gastando, normalmente você perceberá que está gastando dinheiro desnecessariamente em alguns aspectos da sua vida. É a partir daí que você pode diminuir despesas e, consequentemente, o dinheiro começará a aparecer no seu bolso.

Alguns gastos supérfluos que costumam aparecer numa revisão de despesas no orçamento são por exemplo: roupas, bebidas, restaurantes, juros de empréstimos, compras esporádicas por impulso, telefonemas demorados

Ao visualizar melhor sua movimentação financeira você está começando a caminhar para um momento mais saudável da sua vida. A sensação de não ter dinheiro pode ser substituída pelo prazer de engordar os seus investimentos. Poupança, ações ou negócio próprio podem começar a tomar conta dos seus pensamentos no momento em que você se livra das dívidas e seu salário supera as suas despesas mensais.

Se estiver sofrendo com isso, ou não conseguir superar dificuldades financeiras, procure a ajuda de um especialista e você verá como é simples mudar hábitos financeiros em busca de uma condição mais tranquila.

 

 

É muito interessante perceber o que está ocorrendo com as pessoas nos tempos atuais. Estamos vivendo um momento de transição entre a era da produção e a era do consumo. Momentos de mudanças profundas são caóticos e não apresentam uma característica única, e sim, uma série de marcas visíveis e outras não tão claras.

Um dos pontos fundamentais e mais preocupantes da era atual é que não existe uma valorização do que a pessoa é, dos seus valores, princípios e das suas atitudes. Tudo nos empurra a valorizar o que a pessoa tem, o que parece ter e o que ela apresenta a sociedade. As redes sociais contribuem com isso na medida que todos parecem bonitos, ricos e com muitos amigos. É a valorização do TER. Temos beleza, dinheiro e amigos. Crianças e adolescentes estão sendo formados com a impressão de que é muito mais importante ter amigos, ter dinheiro, ter um bom emprego, ter o melhor celular… Ter. Ter sempre mais. E para ter, é necessário comprar (ou roubar). Quem tem um pouco de dinheiro e cartões de crédito com altos limites vai comprar. Quem não tem o mínimo vai fazer o que? Roubar.

O ter causa o consumismo e o endividamento que presenciamos. As pessoas querem ser as melhores comprando as melhores roupas, os melhores relógios, os melhores carros. E depois que compram percebem que o objeto comprado não resulta em felicidade ou a torna uma pessoa melhor.

Há a falsa percepção que para sermos alguém importante, famoso, feliz, bem-sucedido na vida é preciso ter. E, na verdade, é exatamente o contrário. Para termos algo na vida, primeiro precisamos SER. Ser honesto, ser verdadeiro, ser tolerante, ser persistente, ser altruísta, ser generoso, ser carinhoso.

Vivemos a chamada inversão de valores. O ter antes do ser. Enquanto que o correto é o “Ser para Ter”.

E é aí que vemos a infelicidade se espalhando. A sociedade “ter antes do ser” é muito infeliz.

Mas como perceber o que está acontecendo e como ser feliz?

Conscientizar-se do que está acontecendo é o primeiro grande passo para a satisfação pessoal, já que, ao negar que vivemos nessa situação, não conseguiremos agir para escapar desse redemoinho que nos puxa para o consumo e para a “posse” constante. Olhe ao seu redor. Converse com as pessoas e perceba as diferenças. Pare e analise as pessoas que você conhece. Aquelas que Tem e aquelas que São. Qual delas você que se tornar? Você precisa continuar gastando e consumindo para ser essa pessoa que você admira?

Veja o vídeo abaixo e reflita:

http://www.youtube.com/watch?v=1osuR2zPvYo

Sobre esse blog

Educação financeira, independência financeira, ações, opções e muito mais sobre finanças pessoais.

RSS do blog PaiRico PaiRico no Twitter PaiRico no Facebook Contato do PaiRico
Ganhe dinheiro com futebol

Ganhe dinheiro com futebol

Blog Finanças Pessoais

Livros Recomendados


Os Segredos da Mente Milionária - de T. Harv Eker Pai Rico Pai Pobre - de Robert T. Kiyosaki 12 Meses para Enriquecer: O Plano da Virada - de Marcos Silvestre 'Independência Financeira - O Guia do Pai Rico - de Robert T. Kiyosaki Desenvolva sua Inteligência Financeira - de Robert T. Kiyosaki Casais Inteligentes Enriquecem Juntos - de Gustavo Cerbasi O Homem Mais Rico da Babilônia- de George S. Clason Terapia da Riqueza - de Deborah L. Price Investindo em Opções - de Maurício Hissa (Bastter)

PaiRico.COM no twitter

[aktt_tweets count="5"]
  • Ana Sacramento: A melhor forma de guardar dinheiro é tranquilidade e perseverança. Agora um conselho para as amiga [...]
  • Alan Moura: Frederico vc gostou do jogo? Estou querendo adquirilo vale a pena? [...]
  • Alan: Ola Ronando. Vc comprou o jogo cashflow? Vale a pena? Gostaria de compra-lo. [...]
  • kaio: Sabendo que não está fácil pra ninguém, resolvi tentar isso: vi num site aí uma corrente que va [...]
  • kaio: Oi gente, nada de simpatia , porque a realidade eh real que as contas não espera.. Sabendo que n [...]


QR Code do PaiRico



qrcode do PaiRico.com
O que é um QR Code?


Personal Blogs - BlogCatalog Blog Directory BlogBlogs Web Analytics